Saltar para o conteúdo

MWC: Todas as novidades do dia 0

Imagem: Trusted Reviews

Depois da OPPO trazer as suas novidades no dia zero da MWC 2019, anunciando uma parceria com a Qualcomm para um smartphone 5G ainda este ano e também o incrível zoom óptico de 10x num smartphone, foi a vez da Xiaomi subir ao palco logo pela manhã.

De relembrar que a OPPO pertence ao mesmo grupo de empresas que a OnePlus e mesmo que não tenhamos um OPPO em Portugal este ano, podemos sempre vir a ter um OnePlus 7 com esta nova câmara fotográfica capaz de 10x zoom óptico, ou seja sem perda de qualidade de imagem, uma vez que o trabalho é todo feito por lentes e não computador – zoom digital.

Mi9

Já tínhamos visto ao longo das últimas semanas vários teasers e algumas fugas de informação da marca chinesa no que concerne ao seu novo flagship, o Mi9. Desta vez, é oficial e o ponto de maior destaque é sem dúvida o preço: 449€ para versão base com 6GB de RAM e 64GB de memória interna e 499€ para a versão superior de 6GB de RAM e 128GB de memória interna.

Imagem: Xiaomi

Como sempre a Xiaomi não conseguiu fugir às suas habituais comparações com os demais smartphones do mercado e é seguro dizer que não fica a perder para nenhum dos demais, se é que não fica mesmo à frente. É o caso da classificação DXO Mark no que toca ao vídeo, em que sobe para o topo da tabela enquanto que na classificação global fica no segundo lugar à frente do iPhone XS Max e dois pontos atrás do Galaxy S10+.

Especificações de topo no Mi9

Estivemos no hands-on com o Mi9

Como já poderíamos vir a esperar do novo flagship da Xiaomi, as especificações estão bem no topo. Já falamos dos 6GB de RAM, mas o smartphone vem equipado com o novo Snapdragon 855, tem um ecrã FullHD AMOLED, Android 9.0, bateria de 3300mAh com carregamento sem fio de até 20W (carregador não incluido na caixa), Dual SIM, câmara principal de 48MP (sensor Sony), telephoto de 12MP 2x zoom e a ultra-wide de 16MP com 117º de angulo.

Xiaomi entrega o 5G ao Mi Mix3

Imagem: Xiaomi

Apesar de maior parte do destaque de hoje ter ficado pelo Mi9, a aposta da Xiaomi para o 5G vai recair sobre o seu verdadeiro flagship, o Mi Mix3 5G. As especificações tu já sabes, desta feita com o Snapdragon 855 equipado ainda com o novo módulo de 5G também da Qualcomm: X50.

Todas as restantes especificações permanecem as mesmas, mas não há nada que esteja a faltar ao Mi Mix 3.

Segundo a própria Xiaomi e também a Qualcomm, a Xiaomi é uma das empresas melhor posicionadas para ajudar a lançar o 5G no mundo inteiro, trazendo toda a performance dos flagships a um preço incrível. Qual o preço do Mi Mix 3 5G: 599€. Incrível!

Imagem: Xiaomi

A Huawei dobrou a vantagem para a concorrência

Logo na subida ao palco Richard Yu partiu para mostrar a evolução da marca ao longo dos últimos anos, não só no mercado dos smartphones. Neste sentido a apresentação começou até por falar da sua nova linha de computadores portáteis, o Mate MateBook X Pro, a melhor versão até à data do seu computador portátil.

Com 91% na proporção de ecrã para o corpo do computador, os portáteis da Huawei estão cada vez mais atraentes e mais capazes. A resolução será de 3000×2000 e a proporção de ecrã de 3:2. Com thunderbolt 3.0, a Oitava geração da Intel e a nova placa gráfica da Nvidea GeForce MX250, os novos MateBook X Pro estão prontos para ser os melhores computadores portáteis de 2019.

A Huawei tenta criar continuidade de dispositivos

Imagem: Huawei

O OneHop da Huawei tenta aproximar a marca Chinesa da realidade que é a continuidade usada pelos utilizadores Apple de hoje em dia. Trata-se de sem fios e através da Cloud fazer o Copy-Paste entre smartphone e computador, assim como partilha de ficheiros entre os dispositivos com o simples uso de NFC. Se está funcionalidade pode ser utilizada com outros dispositivos que não smartphones da Huawei, terá ainda de ser esclarecido.

A linha de computadores portáteis ficou completa com a apresentação do MateBook 13 e 14. Este dois novos computadores portáteis vêm complementar a linha com as especificações mais recentes, aumentando a produtividade e abrindo a sua tecnologia a vários segmentos de mercado.

Huawei mostra músculos no 5G

Imagem: Huawei

Como o 5G dos smartphones tem de se ligar a algum lado, a Huawei apresentou três dos seus routers tanto para o ambiente profissional como domestico: 5G CPE Pro, 5G CPE Win e 5G Mobile Wi-Fi. Estes irão comunicar com os smartphones e dispositivos IoT através de Wi-Fi 6 que é capaz de atingir velocidade que justifiquem a ligação 5G. A versão Win, poderá ser colocada no exterior com certificação IP para a proteger dos elementos.

Huawei Mate X

Ainda agora apresentado e já um passo à frente da concorrência.

Depois de todo o segmento apresentado pela Huawei no que toca aos computadores portáteis e aos dispositivos IoT, foi a vez de passarmos para aquilo que todos queríamos de facto ver, o smartphone dobrável da marca chinesa. O Mate X é a resposta ao Galaxy Fold da Samsung que vimos apresentado no dia 20 de Fevereiro e sem dúvida que a Huawei saiu com todas as armas para enfrentar as luzes do palco.

A proposta da Huawei é composta por apenas um ecrã, que dobra um bocado fora do eixo central do equipamento, permitindo que numa das pontas fique uma barra vertical onde estão localizados todos os serviços do smartphone, pois uma vez em forma expandida os painéis de ecrã são bastante finos, cabendo apenas as duas baterias e as bandejas de de Dual SIM. Tanto do cabo USB-C como o botão de power, volume e tudo o resto têm de ter lugar nesta espinha dorsal que permite também ser agarrado de forma mais confortável. Vê em baixo na galeria de fotos por ti.

Performance

Pois no capitulo da performance também tivemos uma grande surpresa. Como sabes a Huawei tem tido bastantes problemas com o uso dos seus próprios processadores especialmente nos Estados Unidos por motivos relacionados com a privacidade dos utilizadores. Contudo, na contrapartida desta questão temos uma marca que mais do que equipada para lidar com tudo o que são ligações móveis. Este é nada mais nada menos do que o que se passa com o seu smartphone dobrável capaz de 5G.

A Huawei conseguir criar o seu próprio modem 5G para este smartphone que é nada mais, nada menos do que 2x mais rápida do que versão desenvolvida tanto pela Samsung como pela Qualcomm. Chama-se Balong 5000 e vê algumas das estatísticas aqui em baixo.

Este novo modem consegue ainda combinar as velocidade de download de 4G com as de 5G para um download combinado de 4.6Gbts! As restantes especificações são o Kirin 980, 8GB de RAM, 512GB de armazenamento, 4500mAh de bateria na combinação de duas unidades, Dual SIM com apenas 1 em 5G e carregamento de 55W.

Muitos são ainda os segredos que a Huawei guarda para este smartphone, mas para teres uma ideia do que tudo isto implica, fica a saber que foram precisos quatro anos de desenvolvimento para chegar apenas ao design patenteado da dobradiça, fora tudo o resto.

Esta unidade tem ainda uma capa de protecção desenvolvida pela Huawei para que o teu grande investimento esteja protegido contra danos acidentais. De qualquer das maneiras, este smartphone não será para qualquer carteira. Estamos a falar de 2299€!

Mais sobre os preços e disponibilidade nas imagens em baixo.

Nokia reforça toda a gama

Assim se faz o Android que nem a Google

Imagem: Nokia

Sim, na imagem que vês em cima está toda a linha de smartphones da Nokia lançada pela HMD Global e segundo a própria, todos estes smartphones já receberam ou irão receber muito brevemente o Android Pie. Provavelmente a Nokia é a única fabricante Android que o faz independentemente da gama do teu smartphone e tendo em conta o volume de smartphones produzido.

Esta filosofia foi hoje renovada na apresentação dos seus novos equipamentos. Hoje vimos o Nokia 210, o Nokia 1 Plus, o Nokia 3.2 e 4.2 e tão esperado Nokia 9 PureView.

Nokia 210

O Nokia 210 é um telemóvel simples, um ‘featurephone’ com conectividade 2.5G para aquelas tarefas mais simples e como a Nokia referiu para alguns mercados emergentes, em que a presença do smartphone é ainda limitada. Trata-se de um equipamento que irá ronda os 35$ e que virá em três cores.

Imagem: Nokia

Nokia 1 Plus

O Nokia 1 Plus é uma evolução do smartphone já existente com o nome de Nokia 1. Trata-se de uma pequena evolução nas especificações do equipamento que tem sido um best-seller em mercados emergentes como o mercado indiano, em que o preço baixo dos smartphones é uma necessidade e a Nokia tem conseguido capitalizar na qualidade-preço. Como indica o nome, é maior e mais capaz e vem equipado com o Android Go apoiado na plataforma Pie, 9.0 do Android.

As capas traseiras são amovíveis, mas não a bateria, a construção é em plástico, mas o preço rondará apenas os 99$.

Imagem: Nokia

Nokia 3.2 & 4.2

Mais uma evolução dos equipamentos já existentes da marca, com garantia de actualização de sistema para três anos e ainda bateria para dois dias, os novos Nokia 3.2 & 4.2 vêm consolidar a entrada na gama média do mercado. Segundo a marca, 1/3 do mercado dos smartphones está concentrado neste segmento e estas duas novas apostas irão capitalizar num mercado em que a Nokia já está bem presente.

Os dois equipamentos vêm com impressão digital na traseira, face unlock e ainda ecrãs LCD de resolução HD. Na verão 4.2 o smartphones virá ainda equipado com uma câmara dupla na traseira e os preços serão de 139$ no caso do 3.2 e 169$ no 4.2.

Imagem: Nokia

Nokia 9 PureView

Finalmente vimos apresentado este equipamento que já tanto tem corrido os rumores.

Imagem: Nokia

Sim, é o primeiro smartphone com 5 câmaras e uma resolução combinada de 240 megapixel, mas não nos devemos deixar levar apenas por isso. A construção é em vidro à volta de um chassis de alumínio, que permite para carregamento sem fios. Do lado oposto, o ecrã é OLED e de resolução QHD+.

De volta às câmaras, estas são capazes de disparar fotos em formato RAW que permitem ao mais explorador dos consumidores fazer maravilhas com estes sensores da ZEISS na altura do disparo, mas também na edição (móvel) em plataformas como as da Adobe. Para tirar estas fotos, o Nokia 9 PureView irá tirar partido de todo o seu hardware, como CPU, GPU e RAM. O smartphone deverá vir equipado com 128GB de armazenamento interno e 8GB de RAM. O preço será de 699$.

Esta é então a renovada linha da Nokia para 2019. As promessas têm sido cumpridas e veremos do que são capazes os 5 sensores ZEISS.

Imagem: Nokia

A LG ficou-se pelos gestos

LG V50 ThinQ 5G

Imagem: LG

O primeiro a subir ao palco foi o novo LG V50 ThinQ, o novo topo de gama de marca. As novidades não são muitas para além de um design evoluído e o mais recente processador da Qualcomm. Por outro lado, há também uma versão 5G deste equipamento que traz consigo mais algumas novidades.

Uma destas novidades é o Snapdragon 855 assim com o X50 para conectividade 5G. Para além disto, ao estilo do que já vimos pela Motorola no passado o V50 ThinQ 5G trás pontos de conectividade na parte inferior do painel traseiro que lhe irão permitir no futuro expandir para um ecrã secundário que a marca acredita ser as potencialidade a curto prazo do 5G: a multi-média.

Dotado de um segundo ecrã em forma de capa fazendo lembrar a Nintendo DS, o novo smartphone da LG terá produtividade e entretenimento expandidos. Contudo, parece ser a solução de um smartphone dobrável menos complexa e mais simples de implementar.

Imagem: LG

LG G8 ThinQ

O novo smartphone da linha G vem cheio de truques na manga

Imagem: LG

Com o novo LG G8 ThinQ a marca coreana sentiu a necessidade de trazer várias novidades para conseguir destacar o seu smartphone dos demais. Coisas simples, são por exemplo a presença de um jack de 3,5mm com um QuadDAC como já tem sido comum nos seus smartphones recentes para proporcionar a melhor experiência de audio.

Já no que toca às grande novidades, a LG apresentou não um, mas dois novos métodos de desbloqueio do seu smartphone. A impressão digital terá o seu sensor na parte traseira, mas desta feita a marca coreana trouxe também um sensor de reconhecimento facial 3D que considera superior a qualquer outro no mercado e que apelidou de Z Camera. Para além disto, a câmera Z é também capaz de reconhecer gestos que o utilizador fará no ar a 15-20cm do smartphone permitindo-lhe controlar elementos básicos do sistema sem ter que tocar no smartphone para alturas em que não lhe seja possível. Esta tecnologia é fruto da parceria com a empresa Infineon e chama-se ‘Time of Flight’ que opera pela Z camera.

No caso do anterior não ser seguro suficiente, a LG introduziu ainda um outro sistema que funciona por reconhecimento das veias do utilizador que em vez de funcionar pela cara do utilizador, irá funcionar por reconhecimento das veias da mão e pulso do utilizador!

Estas são as maiores novidades da LG para o presente ano e uma vez que não foi transmitida apresentação, faltam imagens para relatar estas inovações apresentadas em marca.

Imagem: LG

Estas são as principais novidades do primeiro dia de Mobile Word Congress em Barcelona. Para estas e outras novidades, acompanha-nos no Instagram e no Facebook onde poderás acompanhar todas as novidades com a nossa equipa no terreno directamente do evento.

Categorias

Notícias

Etiquetas

, , , , , ,

Anúncios

One thought on “MWC: Todas as novidades do dia 0 Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.