Saltar para o conteúdo

Facebook já sabia que a Cambridge Analytica estava a roubar dados

O jornal The Guardian afirma que o Facebook já tinha conhecimento do roubo de dados da rede social por parte da Cambridge Analytica mesmo antes do caso ter vindo a público.

Uma troca de e-mails entre altos quadros da empresa Facebook mostra que a rede social já tinha conhecimento do roubo de dados da Cambridge Analytica antes da exposição mediática sobre o caso. Estes e-mails foram trocados em setembro de 2015, cerca de três meses antes das primeiras publicações sobre o assunto e três anos antes do “rebentar” total do escândalo. Está informação foi avançada pelo The Guardian.

Estes e-mails, a que o periódico teve acesso, estavam presentes num pedido processual no escritório do procurador-geral do estado norte-americano de Washington. Nos mesmos, os altos quadros do Facebook falam sobre o roubo de dados de que a sua rede social está a ser vítima por parte da Cambridge Analytica.

Agora, perante as evidências, a rede social afirma que tinha preocupações sobre o assunto mas que “não enganou ninguém”. Os responsáveis pela troca de e-mails, por outro lado, dizem que nos e-mails referiam-se a outros problemas relacionados com a Cambridge Analytica, não sobre o roubo de dados, o que contradiz a investigação do The Guardian e o próprio conteúdo já acessado pelo jornal.

Referindo-se a Aleksandr Kogan, professor da Universidade de Cambridge, que supostamente vendeu 87 milhões de dados de utilizadores da rede social à Cambridge Analytica, o porta-voz do Facebook diz que “em setembro de 2015, os nossos funcionários ouviram especulações de que a Cambridge Analytica estava a acessar indevidamente a dados, algo que infelizmente é comum em qualquer serviço da Internet. Em dezembro de 2015, descobrimos pela primeira vez através da Imprensa que Kogan vendia dados para a Cambridge Analytica. São coisas diferentes”.

Segundo a interpretação do Facebook, parece que a rede social nunca imaginou, em setembro de 2015, que o acesso da Cambridge Analytica aos seus dados fosse assim tão grave, e também que no meio estivesse um esquema de venda das informações roubadas.

Categorias

Notícias

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.